A Associação dos Analistas Judiciários do Paraná foi fundada em 21 de abril de 2012, e tem origem na vontade comum destes servidores em mudar a primeira instância do Poder Judiciário do Estado do Paraná, ambiente no qual desenvolvem suas atividades. O cargo, cujo requisito de ingresso é o nível superior de escolaridade, compreende cinco áreas previstas no Estatuto do Servidor Público do Estado do Paraná, a Lei Estadual nº 16.024/2008: Direito, Serviço Social, Psicologia, Ciências Contábeis e Pedagogia.

Missão

Buscar a valorização do Analista Judiciário, conferindo-lhe o apoio necessário para a sua constante capacitação, e lutar por condições de trabalho dignas e necessárias para o exercício do cargo. Prestar um serviço público de qualidade no primeiro grau de jurisdição do Poder Judiciário do Estado do Paraná, garantindo ao cidadão o acesso verdadeiro à justiça e o respeito aos seus direitos.

Valores

Ética. É o valor maior, que gera condições para que os demais valores possam se desenvolver.
Aprendizado contínuo. Prezamos pelo aperfeiçoamento profissional permanente de seus associados, tanto na área jurídica quanto na área de apoio especializado.
Inovação. Pretendemos a modernização da gestão pública de processos, propondo inovações e mudanças práticas capazes de garantir a prestação de um serviço público de qualidade em cada intervenção do Analista Judiciário no processo judicial, observando-se ainda o tempo razoável de duração do processo, direito arrolado como fundamental do cidadão pela Constituição Federal.

Objetivos

Promover a união dos Analistas Judiciários de todas as especialidades, visando cooperação e solidariedade entre servidores lotados em diversas unidades judiciárias do Estado do Paraná, o que é indispensável para garantir a força da classe. Buscar a qualificação profissional destes servidores e a excelência no exercício de suas atribuições, respeitadas as especialidades do cargo. Por objetivos permanentes temos a representação, a defesa dos direitos, a promoção dos interesses socioeconômicos e profissionais dos integrantes da classe e a defesa das reivindicações de seus associados. Nos comprometemos a assistir, amparar e defender, moral, administrativa e juridicamente o associado quando, no exercício de suas funções ou em atividades correlatas, tiver seus direitos lesados.